ABRALIN realiza conferência ao vivo com Magda Soares

Evento ser√° transmitido no dia 31 de julho no Youtube


     

Acontece ‚ÄĘ Ter√ßa-feira, 21 de Julho de 2020, 11:48:00

 

No dia 31 de julho, a Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN) realizará conferência ao vivo com a professora Magda Soares sobre a temática "Alfabetização e letramento: teorias e práticas". O evento será transmitido no link: https://www.youtube.com/watch?v=UnkEuHpxJPs

Resumo

Desde que a educa√ß√£o b√°sica foi democratizada em meados dos anos 1950, a alfabetiza√ß√£o tem sido uma quest√£o controversa, pol√™mica, porque, ao longo das muitas d√©cadas que separam o momento atual daquela j√° long√≠nqua d√©cada dos anos 1950, temos insistentemente fracassado na alfabetiza√ß√£o das crian√ßas, como t√™m comprovado estat√≠sticas e resultados de avalia√ß√Ķes nacionais e estaduais. As controv√©rsias e pol√™micas t√™m se restringido √† quest√£o do m√©todo de alfabetiza√ß√£o, e cresceram com a inclus√£o, em meados dos anos 1980, de dois novos elementos: um pretenso "novo m√©todo", denominado equivocadamente de construtivista, e o conceito de letramento, tamb√©m equivocadamente considerado como uma "intromiss√£o" nos m√©todos de alfabetiza√ß√£o.

O que se pretende nesta exposição não é discutir as divergências sobre métodos de alfabetização e as críticas ao chamado construtivismo e ao letramento. Ao contrário, pretende-se argumentar que os embates se equivocam quando tomam como objeto o método, o como ensinar, quando a orientação da aprendizagem da língua escrita depende fundamentalmente da compreensão de como a criança aprende. Os seguintes argumentos orientam a exposição:
 
1. O processo de alfabetização se fundamenta em um conjunto de teorias linguísticas e psicológicas, que constituem a base para a compreensão de como a criança aprende o sistema alfabético de escrita;
 
2. Com base nessas teorias e sua articulação com as práticas de ensino em contextos escolares é que se pode definir como ensinar, o que implica métodos de alfabetização, no plural, não apenas um método;
 
3. A aprendizagem do sistema de escrita deve ocorrer contemporaneamente ao desenvolvimento do letramento ‚ÄĒ da aprendizagem dos usos sociais desse sistema, ou seja, alfabetiza√ß√£o e letramento s√£o a√ß√Ķes indissoci√°veis na aprendizagem da l√≠ngua escrita;
 
4. O processo de letramento se fundamenta em teorias da linguística textual e da teoria do discurso, que constituem a base para o desenvolvimento das habilidades de leitura, interpretação e produção de textos, necessárias para o exercício competente dos usos sociais da escrita.
 

Fonte: ABRALIN - https://aovivo.abralin.org/lives/magda-soares/