Lugar de poesia é na escola

No 2¬į Sal√£o do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais, Elisa Lucinda comenta a import√Ęncia de educar para transformar


     

Geral ‚ÄĘ Ter√ßa-feira, 13 de Agosto de 2013, 16:35:00

‚ÄúP√°tios √°ridos, nenhuma horta, muros e grades altas, uma vida muito triste l√° dentro. Aquele balan√ßo triste que sobrou de um p√°tio que houve. O mato crescendo...‚ÄĚ Para Elisa Lucinda, professora, atriz e poetisa capixaba, muitas escolas se assemelham a pres√≠dios ‚Äď o que √© preocupante e revelador da rela√ß√£o que muitas vezes se institui nesses espa√ßos. ‚ÄúEntre as disciplinas (que √© o nome que se d√° √†s mat√©rias, veja s√≥!), toca uma sirene. E o nome do conjunto das mat√©rias √© grade curricular‚ÄĚ, ela questiona. ‚ÄúComo pode o saber estar preso dentro de uma coisa chamada grade curricular?‚ÄĚ

Na palestra que ministrou na √ļltima sexta-feira, 9 de agosto, na programa√ß√£o do 2¬į Sal√£o do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais, Elisa provocou os professores, criticando a acomoda√ß√£o e a falta de esperan√ßa que muitas vezes chega at√© a escola. ‚ÄúEnsino √© para transformar. Eu acredito muito na educa√ß√£o pela autonomia do aluno: educa√ß√£o que faz pensar‚ÄĚ. Para isso, a poetisa acredita que √© fundamental investir em espa√ßos de imagina√ß√£o, trabalhando poesia e prosa dentro de sala de aula. √Č preciso que a escola encante os alunos, buscando construir uma rela√ß√£o reflexiva entre aluno e professor. ‚ÄúComo vamos aguentar uma aula que n√£o encanta a gente?‚ÄĚ.

O 2¬į Sal√£o do Livro Infantil e Juvenil acontece na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte, at√© o dia 18 de agosto, com atividades durante todo o dia. Turmas de visita√ß√£o escolar, crian√ßas de at√© 10 anos, professores e bibliotec√°rios n√£o pagam entrada. Para os demais, o valor do ingresso √© R$ 5,00. A programa√ß√£o pode ser acessada no site do evento: http://www.salaodolivro.com.br/.

 

Imagem: 2¬į Sal√£o do Livro Infantil de Minas Gerais