Para gostar de ler

Atividades com livros ajudam a desenvolver autonomia


     

Acontece ‚ÄĘ Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013, 15:18:00

Ao assumir sua primeira turma de crianças, a professora Beatriz Martins ficou intrigada. Apesar de todo o incentivo, nenhum de seus alunos na Escola Municipal Regina Vitalino Botelho, em Sete Lagoas - MG, fazia o dever de casa. À medida que se envolvia com a turma, a professora foi percebendo que era preciso desenvolver a autonomia das crianças, que muitas vezes usavam o tempo que tinham em casa para ajudar os pais no trabalho em casa ou com a lavoura.

Para ajudar na criação do hábito de um horário de estudo, Beatriz buscou incentivar atividades do eixo da leitura e da escrita. Utilizando o acervo do PNAIC, criou uma rotina de contato com os livros, que envolvia a leitura das obras em sala de aula e em casa, diariamente, e à sombra de uma árvore no terreno da escola, às sextas-feiras. A professora conta que os pequenos se envolveram com os livros, demonstrando prazer pelos momentos de leitura e um ganho significativo no enriquecimento da linguagem. Ao fim dos seis meses de projeto, a turma começou a promover piqueniques para organizar as leituras ao pé da árvore, que ganharam adesão de toda a escola.

Beatriz foi uma das professoras que apresentaram relatos de experi√™ncia no terceiro dia do Semin√°rio PNAIC, realizado de 2 a 4 de dezembro no CAD 1, na UFMG. Al√©m dela, compartilharam experi√™ncias as educadoras Aparecida Maria Ferreira, de Passabem, Silv√Ęnia Melga√ßo, de Matozinhos, e Heliane Maria de Oliveira, de Santa Luzia.¬†