Proposta de Língua Portuguesa para a BNCC em debate na FaE

Organiza√ß√Ķes cient√≠ficas e especialistas na elabora√ß√£o da BNCC se re√ļnem para discutir proposta para o componente curricular nesta quarta


     

Acontece ‚ÄĘ Ter√ßa-feira, 08 de Mar√ßo de 2016, 18:08:00

O que os estudantes da educa√ß√£o b√°sica no Brasil t√™m direito de aprender em rela√ß√£o √† primeira l√≠ngua oficial do pa√≠s? A proposta de L√≠ngua Portuguesa para a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que vem sendo elaborada por uma comiss√£o de especialistas desde o ano passado, ser√° debatida com organiza√ß√Ķes cient√≠ficas e pesquisadores da √°rea na pr√≥xima quarta (dia 9). O encontro ocorre na¬†Faculdade de Educa√ß√£o da UFMG e contar√° com a presen√ßa de representantes do Minist√©rio da Educa√ß√£o (MEC) e da comiss√£o de especialistas que atua na elabora√ß√£o da proposta.

Prevista na Constitui√ß√£o Federal e no atual Plano Nacional de Educa√ß√£o, a cria√ß√£o de uma refer√™ncia nacional para escolas, munic√≠pios e estados elaborarem suas propostas curriculares teve in√≠cio em 2015. Ap√≥s a elabora√ß√£o de uma vers√£o preliminar por uma comiss√£o de mais de 100 especialistas e assessores de todo o pa√≠s, o documento passa agora por consulta p√ļblica, recebendo sugest√Ķes individuais e coletivas, que, no segundo caso, podem ser enviadas pelas redes de ensino e por organiza√ß√Ķes da sociedade civil.

O Ceale é responsável pela coordenação institucional do processo de elaboração da Base, além de participar, representado pelas pesquisadoras Isabel Frade e Maria Zélia Versiani, da elaboração da proposta do componente curricular de Língua Portuguesa, que integra a área de Linguagens. Outros membros do Ceale, que não integram o grupo de elaboração da BNCC, participarão da reunião, além de representantes do Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL), da UFPE, e do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), de São Paulo. A reunião ocorre amanhã, na Faculdade de Educação da UFMG.