Sentar para ler: um momento especial

Em visita à UFMG, pesquisadora alemã falou ao Letra A sobre o papel do adulto para cultivar nas crianças o gosto pela leitura e sobre escolhas de livros infantis


     

Letra A ‚ÄĘ Sexta-feira, 15 de Maio de 2015, 15:37:00

Por Manuela Peixoto

Conhecer as caracter√≠sticas da narrativa desde cedo e dominar habilidades relacionadas a contar, ouvir, ler e interpretar hist√≥rias √© essencial para a crian√ßa lidar de maneira competente n√£o s√≥ com os livros infantis, mas tamb√©m com outras m√≠dias. Para tratar desse tema, a professora e pesquisadora Bettina K√ľmmerling-Meibauer, da Universidade Eberhard Karls, na Alemanha, realizou uma s√©rie de atividades na Faculdade de Educa√ß√£o da UFMG, no m√™s de mar√ßo. A pesquisadora √© membro do Comit√™ Alfabetiza√ß√£o Digital e Pr√°ticas Multimodais de Crian√ßas Pequenas, √≥rg√£o fundado da Uni√£o Europeia que visa examinar como a alfabetiza√ß√£o de crian√ßas pequenas se desenvolve e transforma com a digitaliza√ß√£o da comunica√ß√£o. Convidada especial do IV Semin√°rio Internacional Leitura e Escrita na Educa√ß√£o Infantil1,¬†Bettina apresentou diferentes conceitos e orienta√ß√Ķes relacionadas ao desenvolvimento de beb√™s e crian√ßas de at√© 6 anos para se tornarem leitores competentes.

Mesmo com a massifica√ß√£o dos suportes digitais, Bettina ainda v√™ o momento da leitura de um livro impresso, compartilhada pelo adulto e pela crian√ßa, como algo especial. Por isso, sentar, ler junto e repetir a hist√≥ria v√°rias vezes faz com que os pequenos assimilem melhor o que est√° sendo tratado no livro ‚Äď e, assim, passem a ter uma vis√£o de mundo mais ampla. ‚ÄúA literatura infantil introduz √†s crian√ßas ideias, ambientes e problemas sociais que elas provavelmente n√£o v√£o encontrar no seu dia a dia. Isso melhora o seu entendimento intercultural, social e emocional sobre a condi√ß√£o de vida de outras pessoas‚ÄĚ, frisa Bettina. Sendo assim, quanto mais variados forem os tipos de livros e m√≠dias a que a crian√ßa tem acesso, mais seu conhecimento de mundo ‚Äď e das formas narrativas ‚Äď se abre. ‚ÄúPode acontecer de algumas crian√ßas estarem mais interessadas em livros de n√£o-fic√ß√£o, enquanto outras mostrem profundo interesse por hist√≥rias fant√°sticas, outras adorem hist√≥rias realistas e outras, quadrinhos. Elas devem ter a oportunidade de conviver com todos eles, al√©m de outros meios de comunica√ß√£o, especialmente filmes infantis‚ÄĚ, complementa Bettina.


1A√ß√£o do projeto Leitura e Escrita na Primeira Inf√Ęncia, coordenado por UFMG, UFRJ, Unirio e MEC.