Sispacto: monitoramento e di√°logo


     

Letra A ‚ÄĘ Quinta-feira, 13 de Agosto de 2015, 16:13:00

Por Eliza Dinah

O Sispacto √© uma plataforma online desenvolvida pelo MEC para acompanhamento das forma√ß√Ķes do Pnaic. Cada participante tem seu pr√≥prio cadastro e √°reas de acesso de acordo com a fun√ß√£o no programa. A plataforma funciona em rede e, para o monitoramento eficiente, √© necess√°rio que todos os participantes se comprometam com as atividades que s√£o solicitadas mensalmente na pr√≥pria plataforma e com os prazos a serem cumpridos. Se, por motivos diversos, ocorrem atrasos, o processo de avalia√ß√£o e aprova√ß√£o pela coordena√ß√£o geral da Institui√ß√£o de Ensino Superior (IES) n√£o √© finalizado, o que pode acarretar at√© mesmo no atraso de bolsas.

Supervisora de L√≠ngua Portuguesa do Pnaic na UFMG, Ana Paula Pedersoli lembra que cada um tem tarefas diferentes na plataforma. ‚ÄúNa equipe do munic√≠pio, por exemplo, √© fun√ß√£o do professor alfabetizador lan√ßar dados sobre sua turma, no que diz respeito aos conhecimentos de seus alunos em alfabetiza√ß√£o, letramento, linguagem matem√°tica etc.‚ÄĚ J√° o orientador de estudos lan√ßa dados sobre os professores cursistas pelos quais √© respons√°vel. O coordenador local do munic√≠pio, por sua vez, ‚Äútem a fun√ß√£o espec√≠fica de cadastramento e gerenciamento dos orientadores de estudos e dos professores alfabetizadores, bem como a organiza√ß√£o das turmas de cada orientador‚ÄĚ. Assim, destaca a supervisora, ‚Äú√© fundamental informar sempre sobre um professor que saiu da forma√ß√£o ou sobre outro professor que est√° de licen√ßa, por exemplo.‚ÄĚ H√° ainda a equipe de cada IES, formada por coordenador-geral, adjuntos, supervisores e formadores, cada um com fun√ß√Ķes espec√≠ficas a desempenhar na plataforma.

Ana Paula Pedersoli lembra que, al√©m do preenchimento de dados estat√≠sticos, existe espa√ßo para os professores enviarem v√≠deos, fotos e relatos de trabalhos realizados em sala de aula. ‚ÄúQuando se trata de um programa dessa dimens√£o, que est√° atendendo muitos munic√≠pios, em abrang√™ncia nacional, √© fundamental ter tamb√©m esse registro mais aberto e diverso‚ÄĚ, avalia. A supervisora ainda observa que √© preciso compreender bem o funcionamento do Sispacto, pois √© esse espa√ßo virtual que permite um acompanhamento global do processo pelo MEC, pelas IES e pelos munic√≠pios, e¬† destaca a import√Ęncia de uma rela√ß√£o de di√°logo entre todos. ‚ÄúAo estabelecer essa rela√ß√£o dial√≥gica, todos os agentes envolvidos conseguem entender sobre os pontos positivos e as fragilidades das forma√ß√Ķes do Pacto e, a partir disso, refletir e questionar sobre perman√™ncias e mudan√ßas necess√°rias.‚ÄĚ

 


Continue lendo:

Um novo olhar sobre a Matem√°tica

Desafios da formação

A Matem√°tica de ‚Äúcara nova‚ÄĚ

Trilhando caminhos interdisciplinares

Partindo do diagnóstico e das diferenças