Em deriva

Noite de abertura do XII Jogo do Livro e II Semin√°rio Latino-Americano teve homenagens, reflex√Ķes e apresenta√ß√£o art√≠stica


     

Acontece ‚ÄĘ Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017, 21:26:00

Com m√ļsica, conversa e poesia, teve in√≠cio o XII Jogo do Livro e II Semin√°rio Latino-Americano: Palavras em Deriva. ‚ÄúA alegria √© a prova dos nove‚ÄĚ: citando o Manifesto Antrop√≥fagico de Oswald de Andrade, o coordenador do Grupo de Pesquisa do Letramento Liter√°rio (Gpell), Guilherme Trielli, apresentou na sess√£o de abertura o esp√≠rito com que se inicia o evento, associando a alegria como ‚Äúuma forma de resist√™ncia‚ÄĚ. O Jogo do Livro √© organizado pelo Gpell, que integra o Ceale.¬†A mesa de abertura tamb√©m foi composta pelo professor e pr√≥-reitor de gradua√ß√£o da UFMG, Ricardo Takahashi, pela diretora de divulga√ß√£o cient√≠fica da Pr√≥-reitoria de Extens√£o, Silv√Ęnia Nascimento, pela secret√°ria-adjunta da Secretaria Municipal de Educa√ß√£o de Belo Horizonte, Edna Borges, pela diretora da Faculdade de Educa√ß√£o, Juliane Corr√™ia, e pela diretora do Ceale,Val√©ria Barbosa.¬†

Os professores Carlos Novais, C√©lia Abicalil e Rubens Vaz Cavalcanti prestaram homenagens a artistas que faleceram este ano, lendo trechos das obras do professor e soci√≥logo Ant√īnio C√Ęndido, da escritora e ilustradora √āngela Lago e do m√ļsico Luiz Melodia.

O¬†XII Jogo do Livro e II Semin√°rio Latino-Americano: Palavras em Deriva acontece at√© o dia 11. Voc√™ pode conferir a programa√ß√£o e mais informa√ß√Ķes aqui.

Conferência

A confer√™ncia de abertura do evento foi realizada pelo antrop√≥logo e escritor Ant√īnio Ris√©rio. Ele falou sobre cria√ß√Ķes textuais na atualidade e prop√īs uma ‚Äúradicaliza√ß√£o cultural da sociedade democr√°tica‚ÄĚ e citou Umberto Eco, ao falar sobre uma ‚Äúelite cultural‚ÄĚ, que seria "a √ļnica elite verdadeiramente democr√°tica‚ÄĚ e da qual todos deveriam fazer parte, referindo-se √† democratiza√ß√£o do conhecimento cultural. O autor comparou ainda o trabalho do escritor ao de um marceneiro, que se preocupa com a forma dos seus m√≥veis, e assim deveria ser com a literatura.¬†¬†

Ris√©rio defendeu que deveria existir uma preocupa√ß√£o maior com a forma e a est√©tica de textos liter√°rios e que alguns crit√©rios devem ser obedecidos para que o texto seja de fato de qualidade. Para ele, ‚Äúa arte n√£o √© uma terra de ningu√©m para o espet√°culo da incompet√™ncia‚ÄĚ, referindo-se √† quantidade de pessoas atualmente que se consideram escritores e que, para Ris√©rio, n√£o se encaixam dentro do termo, principalmente pela falta de preocupa√ß√£o e conhecimento mais aprofundado da l√≠ngua: ‚Äúpara eles parece mais um inc√īmodo, um obst√°culo, do que qualquer outra coisa‚ÄĚ.

Encontro da arte com a educação

Para finalizar a noite de abertura, o artista Ricardo Aleixo, acompanhado do professor da Faculdade de Educa√ß√£o e m√ļsico Marco Scarassatti, realizaram uma performance que uniu m√ļsica, poesia e express√£o corporal.

A grava√ß√£o das apresenta√ß√Ķes na noite de abertura do XII Jogo do Livro pode ser conferida no v√≠deo abaixo: